Diário de um poeta #3

Toda boa história tem um começo fragmentado em sinais de como vai terminar, às vezes temos a sensação de já saber como vai terminar…

Diário de um poeta #2

Confiança!!! Ótima palavra para um garoto ainda novo e que acabou vivendo tanta coisa da qual se achava imune… Perdão, eu estou me adiantando, vamos à continuidade dessa narrativa, para que vocês vejam por seus próprios olhos, ou leiam por seus próprios olhos né..kkk

Diário de um poeta #1

Em uma história quase real, pelo menos em partes, quero lhes apresentar um garoto, que vive em uma dimensão separada de sua própria realidade, e vive intensamente seus próprios sentimentos e percepções desse mundo no qual ele tenta encontrar seu lugar!! Bom vou deixá-lo contar sua própria história, antes que eu mesmo a conte!

Sem promessas!!!

Oiii leitores do semeador, novamente resolvi dar uma passada aqui e deixar um pouco da beleza que cerca essa nossa vida linda.

Eu passei dias novamente sem postar…kkk é ta complicado. Acho que não vou fazer mais promessas. 9.9

Como as cores da borboleta, Viva!

Tanto tempo vivendo só, tanto tempo vivendo aqui. Infelizmente minha solidão não é física, antes fosse, pelo menos eu teria como cura-la de forma fácil. Mas não, não é assim. Eu vivo no meio de uma multidão que nem me nota. Mas é assim, eu não queria mesmo ser notado, minha maior alegria era viver…